Somos todos Legião

Saudações aos amigos do Redblog! Como vocês sabem, este que vos fala foi recentemente nomeado para o honroso cargo de editor da linha Legião da Redbox. E com a imensa responsabilidade que este cargo carrega para mim, vem também uma euforia por poder trabalhar com o “primeiro” cenário do Old Dragon. Desenvolvido originalmente pelo nosso estimado Antonio “Mr. Pop” Sá, o conceito do Legião me fisgou desde que ouvi em uma entrevista suas características. E a ausência de muitos dos clichês do gênero, e a presença de outros tantos temas polêmicos, só fez meu interesse aumentar.

legiao_roy_ugangMinhas expectativas hoje para o Legião é que o mesmo se transforme em referência para o mercado nacional de RPG. O lançamento da caixa básica e dos romances de Newton Rocha, nosso querido Tio Nitro, serão os primeiros passos em direção a esse objetivo. Em seguida, é provável que veremos aventuras, complementos para aspectos pouco explorados do cenário e eventos para fazer o cenário avançar, de forma canônica ou não, sendo avaliados e realizados.

Já comecei a trabalhar no material, e por material quero dizer ilustrações, desenhos, e claro, o texto. Posso dizer que até o momento, teremos um cenário muito bem estruturado e descrito. As ilustrações são muitíssimo bem feitas, e conseguem de fato transmitir toda a essência do cenário.

Na parte mais “chata” do processo, gostaria de informar que o texto está praticamente pronto, e já estamos em contato com o revisor do texto. Além disso já estamos cotando também o projeto gráfico. A diagramação vem em seguida, e como ainda é um passo distante, não temos muito a informar a respeito. Nossa intenção é que a caixa seja lançada o mais cedo possível em 2016.

Podem esperar também muito material sobre o cenário aparecendo aqui no Redblog. Contos, NPCs, locais de destaque e também micro-aventuras irão oferecer uma maior compreensão do cenário e suas peculiaridades. E esses materiais deverão aparecer em breve, antes mesmo do lançamento da caixa básica.

E aproveitando que falamos sobre a caixa, esperem um conjunto sensacional de acessórios realmente úteis para a experiência de jogo em Ryanon.

Mas o mais importante para a linha Legião, e eu creio que isso faz parte do DNA da Redbox, é a participação da comunidade. Seja contando como foram suas mesas com Legião, dizendo o que mais gostaram ou não, etc. Todo feedback será lido, avaliado e assimilado para entregar sempre coisas interessantes, e com muita qualidade, para vocês, futuros fãs de Legião – A Era da Desolação.

Fiquem agora com um pequeno trecho do texto em fase de finalização do livro básico (ainda não editado, de modo que pode sofrer pequenas mudanças), apenas para dar um gostinho do que os espera:

Kadur, o mundo das Legiões

Bem vindo a Kadur, o mundo das legiões. Terras de povos milenares, tradições ímpares e aventuras sanguinárias. Um mundo desumano, injusto, onde o mais forte e o mais capaz estão sempre aptos a vencer.

Kadur é um lugar duro para se viver. Um planeta praticamente inexplorado, cuja única parte conhecida é chamada de Ryanon e Urdanon, seus dois continentes conhecidos.

Vamos iniciar nossa jornada através de Kadur explicando um pouco sobre sua geografia, seu povos e costumes e suas particularidades. Neste primeiro capítulo daremos as informações mais básicas para que a leitura do restante do livro seja melhor aproveitada.

Urdanon

Berçário dos humanos em Kadur, Urdanon foi o primeiro continente habitado pelos homens. Viu florescer e a derrocada dos grandes impérios das antigas eras e hoje é um continente praticamente abandonado, às margens de Ryanon, hoje o centro do mundo e sede dos principais impérios e reinos de Kadur.

Urdanon convive não só com a história dos antepassados dos homens antigos, como sofre ainda hoje as marcas do período de turbulências. Seu território, magicamente elevado está hoje na borda mais baixa, há mais de 500 metros do nível do mar. Característica que contribui e muito para que fique isolada e conserve em seu interior toda a miríade de monstros e criaturas que felizmente não saem de suas escarpadas e perigosas muralhas.

Ryanon

O principal continente de Kadur, hoje centro das atividades dos povos evoluídos, de homens, elfos, anões, Voldas, Grizzis e Tenebruns, um local de exploração recente para os padrões dos homens que se encontra na parte norte do mundo de Kadur.

Apenas a parte central do continente foi totalmente explorada. suas regiões marginais são envoltas em mistérios e são lar de povos barbarizados que impedem uma total expansão dos territórios ditos colonizados.

Pela sua extenção territorial, Ryanon pode ser considerado um continente grande, com tamanho aproximado ao da Eurásia, se levarmos em consideração o eixo leste-oeste e quase uma duas vezes e meia se levarmos em consideração o eixo norte-sul.

Um aventureiro pode levar meses de viagem entre o norte e o sul, mas certamente levará mais de ano se resolver cobrir a extensão leste e oeste do continente.

Até a próxima coluna!

Somos todos Legião!